G1: Três deputados estaduais são reeleitos no Vale do Paraíba e região

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Chedid (Foto: Divulgação/Admir Chedid)Chedid foi o candidato a deputado estadual mais bem votado na região. (Foto: Divulgação/Admir Chedid)
Três candidatos do Vale do Paraíba e região bragantina foram reeleitos neste domingo (5) para ocuparem uma das 94 vagas na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). O número corresponde a metade do total de eleitos na última eleição, em 2010 - ocasião em que seis representantes da região foram eleitos.
Foram bem sucedidos na reeleição Edmir Chedid (DEM), de Bragança Paulista; Hélio Nishimoto (PSDB) de São José dos Campos e Padre Afonso Lobato (PV) de Taubaté. O mandato começa em janeiro de 2015 e é válido por 4 anos.
Disputavam uma cadeira na Alesp 70 candidatos com reduto eleitoral na região. Em todo Estado de São Paulo concorreram para o cargo de deputado estadual 1.861 políticos. (confira o resultado das eleições em SP)
Chedid teve o maior número de votos na região e foi um dos 15 mais bem votados para o cargo em São Paulo. Ele somou quase 168 mil votos, correspondentes a 0,83% dos votos válidos. Chedid foi eleito para o cargo pela 6ª vez consecutiva.
Em entrevista ao G1 ele agradeceu os votos vindos dos eleitores da região e disse que a prioridade na próxima gestão será a área da saúde. "Vamos ver se conseguimos trzer para a região de Bragança Paulista um núcleo de reabilitação Lucy Montoro", disse. A unidade trata de deficientes e doenças incapacitantes. 
Em seguida na região está o deputado Hélio Nishimoto, que somou mais de 137 mil votos. Com a vitória, ele entra na terceira gestão como deputado estadual e diz que tem como prioridades demandas nas áreas de educação, segurança e saúde.
Hélio Nishimoto (Foto: Divulgação/Helio Nishimoto)Hélio Nishimoto é reeleito neste domingo (5).
(Foto: Divulgação/Helio Nishimoto)
"Eu fiquei feliz com a votação expressiva porque é resultado do reconhecimento de um trabalho que fizemos. O número me dá força para representar a região em assuntos importantes", disse ao G1. Em 2009 Nishimoto assumiu a vaga na Alesp como 1º suplente e conseguiu se eleger em 2010.
O deputado Padre Afonso Lobato também foi eleito, para o 4º mandato consecutivo. Ele recebeu mais de 81 mil votos com 0,40% dos votos válidos. "Estamos conquistando uma cadeira com muito trabalho. Nossa campanha foi muito simples e a população reconhece o que a gente faz", disse.
O deputado afirmou que a prioridade da próxima gestão é a área da saúde e que pretende viabilizar a construção de um Hospital Regional no Vale Histórico, além da construção do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em Taubaté.

Candidatos
Tiveram votação considerada expressiva, mas não atingiram o número de votos necessários para serem eleitos, os candidatos Antônio Carlos Júnior (PSDB), de Caraguatatuba, com quase 55 mil votos; o vice-prefeito de São José, Itamar Cóppio (PMDB), com quase 45 mil votos e a vereadora de Taubaté, Graça (PSB) com 29,5 mil votos.

Além deles, o veredor joseense Valdir Alvarenga (SD) teve mais de 18 mil votos e Ary Kara (PMDB) em Taubaté contabilizou mais de 21 mil votos.
Candidatura indeferida
Os deputados candidatos à reeleição Marco Aurélio de Souza, Beto Trícoli e Alexandre da Fármácia estão com candidatura indeferida após serem enquadrados na Lei da Ficha Limpa. Eles recorreram da decisão, mas mesmo que sejam absolvidos, não atingiram a votação necessária para serem eleitos.

Alexandre da Farmácia é o único dos três que não foi eleito em 2010, ele assumiu uma cadeira na Alesp como suplente. O ex-prefeito de Taubaté, Roberto Peixoto (PEN), é outro candidato que teve a candidatura impugnada.

Fonte: G1
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. Portal Lagoinha | De Lagoinha para o Mundo.
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by Mais Template.
Creative Commons License